Autoconhecimento – Prazer em Conhecer!

Um dos momentos mais gratificantes do meu trabalho, seja como coach, seja como facilitadora de treinamentos, é quando eu percebo que realmente contribuí para que a pessoa se conhecesse um pouquinho mais.

“Conhece-te a Ti mesmo e conhecerás todo o universo e os deuses, porque se o que procuras não achares primeiro dentro de ti mesmo, não acharás em lugar algum.”

frase do Templo de Delfos na Grécia

Esta frase, escrita na entrada do templo de Delfos, construído em honra a Apolo, deus grego do sol, da beleza e da harmonia, é muito conhecida na filosofia e nas religiões, não havendo certeza absoluta de quem é o seu autor. Alguns a atribuem ao sábio grego Tales de Mileto e, outros, a Sócrates, Heráclito ou Pitágoras.

Independentemente da autoria, é uma frase que atravessou os tempos reforçando a necessidade do autoconhecimento para nosso desenvolvimento como seres humanos e nossa ação na família, comunidade, trabalho etc.

O autoconhecimento é um processo de tomada de consciência das características individuais, como reagimos aos acontecimentos, como nos comunicamos, aprendemos e nos relacionamos conosco mesmos e com os outros.

Autoconhecimento significa gerenciamento de si mesmo e, nesse sentido, está diretamente ligado à inteligência emocional, que nada mais é que conhecermos e gerenciarmos as nossas emoções e também conhecermos e reagirmos adequadamente às emoções dos outros.

É importante perceber que autoconhecimento não se faz sozinho. Uma grande parte dele vem sim da reflexão, da introspecção. Mas outra parte muito importante vem da relação com os outros.

Quando você se relaciona com os outros e está aberto a aprender com isso, pode receber informações valiosas sobre você mesmo, ao confrontar sua autopercepção com a percepção diversificada das outras pessoas, por meio do feedback espontâneo ou solicitado.

Não dá para fazer isso sozinho, você precisa das outras pessoas, pois, normalmente, nós vemos apenas 10% dos nossos comportamentos e atitudes. Os outros 90% são inconscientes e vistos pelos outros.

Por que isso é importante?

Estudar a si mesmo é a arte mais difícil. E é um processo para a vida inteira, em que você vai pouco a pouco se fortalecendo e ampliando sua segurança no seu autocontrole e gerenciamento de suas emoções, tanto do ponto de vista pessoal como profissional.

Do ponto de vista pessoal, conhecer-se permite que você tome consciência dos seus dons, aquilo em que você é bom e que tem um impacto positivo na sua vida e na de outras pessoas.

Por outro lado, faz com que você conheça suas armadilhas, aqueles momentos em que você sem perceber perde o controle e age de forma inesperada e fora daquilo que acredita ser bom e correto. Entender quais são os seus gatilhos, aquilo que faz emergir sua pior parte, é essencial para o autodesenvolvimento, para uma vida mais equilibrada.

Autoconhecer-se é também descobrir e apropriar-se dos seus potenciais, aquilo que você é capaz de fazer quando está no seu melhor, usando os seus dons com máxima consciência.

Conhecer seus valores e suas crenças, ou seja, aquilo em que você baseia sua vida e que faz com que você se mova em direção aos seus objetivos, também é uma parte muito importante do autoconhecimento.

Dessa forma, investir no autoconhecimento é um caminho essencial para o seu desenvolvimento como ser humano.

Autoconhecimento para ser uma pessoa mais realizada

O autoconhecimento é essencial também para que você direcione melhor sua carreira, para que ela esteja em sintonia com quem você é, suas crenças e valores, e permita que você atinja seu potencial máximo.

Além disso, o crescimento profissional está cada vez mais ligado às competências interpessoais, como a inteligência emocional, o que somente se desenvolve em primeiro lugar aumentando o autoconhecimento.

Inteligência emocional significa ter autocontrole, empatia, relacionamentos positivos e significativos e dominar a arte de influenciar os outros.

Conhecer-se e possuir inteligência emocional permite que você trabalhe melhor em equipe, comunique-se melhor e exerça a liderança de forma engajadora, gerindo os conflitos positivamente com resultados excelentes.

Diferentes somos todos

Muito se fala em diversidade, mas pouco se fala que diferentes somos todos nós.

Cada um tem um estilo diferente de ver as coisas e de lidar com suas questões.

“Cada cabeça uma sentença. ”  Dito popular

Pode parecer exagero, mas é a pura verdade. Você é um universo único, com seus dons, suas armadilhas, seus potenciais, seus sonhos… isso sem falar da sua história de vida, sua experiência, o que você já aprendeu.

Ninguém vê o mundo como você. Ninguém reage como você e ninguém tem as mesmas ideias que você. E todos têm direito a serem respeitados em sua diversidade básica de ser humano.

“Todo ponto de vista é a vista de um ponto”   Leonardo Boff

Imagine o potencial disso multiplicado pelas centenas de pessoas que certamente fazem parte do deu dia a dia.

Potencial tanto de conflito e mal-entendidos, quanto de criatividade e cooperação. Vai depender da sua atitude de abertura para essa diversidade. Mais do que aceitar a diversidade, a palavra de ordem aqui é aproveitar a riqueza que ela traz.

Conhecer-se e ter consciência de que as pessoas são diferentes é um trunfo, pois permite que você admire as diferenças e faça isso trabalhar a seu favor, dos seus relacionamentos, seu trabalho e sua criatividade.

Como aumentar o meu autoconhecimento?

Existem várias formas e cada uma tem sua eficiência conforme o seu estilo, história e fase de vida e não pretendo de forma alguma esgotá-las, já que isso seria impossível.

Sendo um trabalho para toda a vida, certamente se multiplicam as possibilidades para todos os gostos.

Certamente a terapia é uma delas, pois é onde você pode aprofundar seu contato consigo mesmo e sua história de vida. Muito importante para todas as pessoas que querem crescer e se desenvolver.

A meditação é outra forma de se centrar e entrar em contato consigo mesmo. Existem diferentes técnicas, para todos os estilos de vida. Vale a pena experimentar.

Leituras, cursos e auto-observação também são essenciais.

Outra forma extremamente importante é o feedback. Pedir e obter feedback das pessoas em que você confia, principalmente para ter acesso aquelas suas partes inconscientes, que chamamos de armadilhas. Para ver mais sobre isso, veja aqui: Quem você pensa que é???

Vários autores, filósofos, psicólogos e outros estudiosos, propuseram modelos que ajudam as pessoas a se conhecerem. Um deles, que eu uso muito nos meus processos de coaching, são os tipos psicológicos do Jung.

Aí também há uma variedade de abordagens, a partir da base desenvolvida por Jung: MBTI, DISC, Insights, Quantum etc. são alguns modelos que surgiram daí. Eu gosto muito do MBTI, que venho usando no mundo corporativo e nos processos de coaching individuais com muita efetividade.

Num próximo artigo, falarei mais profundamente sobre este assunto apaixonante, mas deixo aqui um link para você experimentar o teste e ampliar um pouco mais seu autoconhecimento, degustando um pouquinho deste tema.

Também muito interessante é o teste VIA (Values in Action), que traz as forças de caráter, uma das bases da Psicologia Positiva. Saiba mais aqui: Superpoderes: Ativar!!!

Mais do que as diferentes técnicas e formas de buscar o autoconhecimento, o mais importante é sua atitude em relação a isso: de se saber um ser em construção, em constante desenvolvimento.

Atitude de assumir essa tarefa como uma jornada em direção ao seu pleno potencial, uma verdadeira aventura de descoberta e de alegria.

Atitude de dizer a si mesmo: “Prazer em conhecer!”.

Para saber mais:

Testes tipo de personalidade:

http://inspiira.org

https://www.16personalities.com/br/teste-de-personalidade

Teste Via – Forças de Caráter da Psicologia Positiva:

http://antuak.pro.viasurvey.org/character-survey

Textos no Blog para aprofundar:

Sobre as forças de caráter: Superpoderes: Ativar!!!

Sobre a Psicologia Positiva: Positivamente: Descubra os 12 Polares da felicidade e do bem-estar

Sobre feedback e autoconhecimento: Quem você pensa que é???

Sobre Atitude: Vamos tomar um CHÁ? Conversando sobre Sucesso…

One comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s